Nosso domingo amanheceu com aquele céu azul inacreditável, que faz a gente querer sair dizendo “Gracias”  para essa beleza que é Buenos Aires. Escolhemos ir a pé para apreciar as ruas com aquele ar europeu, e para ir tirando fotos no caminho, é claro! Haha

IMG_3705 (1)IMG_2265

E para aproveitar esse segundo dia, o look foi bem despojado, divertido e confortável. Estou na fase “apaixonada por macacões e jardineiras” e não tinha como não levar minha nova quedinha para passear por terras Argentinas. O macacão Jeans já é bem esportivo por si só, então quebrei com uma blusinha básica de gola alta branca, e mochilinha preta. Tons clássicos que não tem erro né?

img_9780IMG_2266

Para dar o toque final tirei do guarda roupa uma outra paixãozinha, minha boina que é xodó, e que está super em alta de novo! Combinei com os óculos espelhados, um cachecol cinza para proteger do ventinho invernal do fim de tarde e minha bota confortável de todos os dias para andar sem fim e sem problemas! haha

IMG_9454

Nossa primeira parada foi a Plaza de Mayo, localizada bem no coração de Buenos Aires, e de frente para a lindíssima Casa Rosada, que é a sede presidencial Argentina. A praça é linda, e cercada de construções mais lindas ainda, vale super a pena passear apreciando cada cantinho! Mesmo quem já foi antes, curte cada pedacinho daquela maravilha! Como fomos em um domingo, ainda pegamos uma feirinha de artesanato que era puro charme!

IMG_9561IMG_9564IMG_3692 (1)img_3689IMG_9486IMG_9493

Nossa segunda parada foi o Obelisco, também muito famoso na cidade, e que em um dia azul como aquele não podia faltar. Fomos passeando a pé mesmo, para conhecer os arredores. Sempre que posso, gosto de andar o máximo, em todas as minhas viagens. É a melhor forma de descobrir os encantos que estão fora das dicas da internet, e a gente sempre se surpreende com muitas histórias para contar!

IMG_9777IMG_3704

Após uma paradinha para o almoço, seguimos para finalizar o dia com os bosques de Palermo e o Roseiral, que eu super indico como passeio essa época do ano! Cheeeeio de rosas, uma mais linda que a outra! O passeio é uma delícia, tem uma lagoa imensa, e o parque é lindíssimo, vale cada minutinho de cansaço no final do dia! Haha

IMG_3693

IMG_3694

 

 

 

 

 

IMG_3703

IMG_1370

Nenhum desses passeios é pago para entrar, e só usamos o Uber para transitar do nosso almoço na região do obelisco para os bosques de palermo na altura do roseiral, que é pertinho mas nem tanto para ir andando.

IMG_9696

IMG_9698

O final do dia ficou reservado para um pequeno descanso e um passeio noturno no Puerto Madero, que já falei bastante no primeiro post sobre a viagem, se você ainda não viu, corre lá!

IMG_9738

Os créditos do look vão logo aqui em baixo, e tem mais novidades vindo por aí!

Macacão Jeans – @lojasrenner

Blusa sobreposição – @zaraoficial

Mochila – @zaraoficial

Bota – @zaraoficial

Boina – @sigaimaginarium

Óculos – @rayban

Espero que tenham gostado, estou adorando as dicas e recadinhos que recebo lá pelo instagram e por aqui!

Besos, besos e até a próxima!

Buenos Aires nos recebeu de braços abertos, céu azul quase sem nuvens, daqueles que parecem pintados à mão, sabe? A mala foi preparada para o inverno, mas demos sorte e Buenos Aires nos deu um frio bem gentil que permitiu pensar em looks divertidos e mais leves.

image1 (19)

Para o primeiro dia montei um look “cool” com jardineira preta e paleta de cores no branco e rosa bem clarinho , que por sinal, está ganhando meu coração ultimamente. Precisava estar confortável para viajar e andar o dia todo aguardando o quarto do hotel ficar pronto, já que meu voo chegou bem cedinho por lá.

image4 (2)

Optei pela blusa bem soltinha e a bota mais confortável que tenho para passear por Puerto Madero, que particularmente é o lugar mais lindo da cidade para mim. É um dos projetos de renovação urbana mais bem sucedidos do mundo, feito em menos de duas décadas. Abriga alguns dos maiores arranha céus argentinos, além de diversos monumentos, como a Puente de la Mujer(Ponte das Mulheres) do arquiteto espanhol Santiago Calatrava, e a Fragata Presidente Sarmiento, o primeiro navio da Argentina que atualmente é utilizado como museu.( Vai ter post sobre esse navio que é uma experiência super legal)  Bem na beira do rio, dos dois lados, você pode passear por cafés, bares e restaurantes, além de ter uma das vistas mais incríveis ao pôr do sol. (Estou preparando um post com dicas de lugares deliciosos por lá, fica de olho pra colocar na sua listinha de delícias da Argentina, vale a pena demais!)

IMG_9236

Para complementar meu look do dia 1, escolhi chapéu que é um xodó meu, acho um charme nos looks de inverno, e um acessório que dá aquele toque mais despojado e ao mesmo tempo elegante. Combinei com mochilinha e óculos espelhado que vão super bem com o ar mais divertido da jardineira. E levei uma jaqueta de couro e um cachecol bem macio rosa, para proteger daquele ventinho de inverno que bate no fim da tarde depois que o sol dá tchau.

IMG_1383

image3

image2 (9)

O primeiro dia foi corrido, almoçamos ali por Puerto Madero mesmo que era pertinho do nosso hotel, com direito a muito vinho,  se tem lugar bom para se beber ótimos Vinhos é na Argentina! E partimos para conhecer a região,  com direito a parada para fotos em tudo que há de lindo por lá. Se você ainda não viu no meu instagram ( @yasminecarvalho) está rolando um pouquinho de tudo que fizemos por lá, e vou contando por aqui!

image2 (10)

Dá uma olhada na vista dessa despedida do nosso primeiro dia em Buenos Aires, é ou não é de querer ficar por lá de vez?

image1 (18)

Gostaram? Os créditos do look vão logo lá em baixo!

Vem muita novidade  e dicas sobre a viagem , fiquem de olho!

Jardinheira -@youcom

Blusa- @h&m

Bota- @zaraoficial

Mochila – @cea_brasil

Oculos – @rayban

Chapéu- @forever21

Cachecol – @lojasrenner

 

IMG_8888
Vou mandar um beijo especial para minhas amigas lindas e companheiras de viagem que fizeram desses dias incríveis e ajudaram um monte a trazer coisas legais para vocês!

Beijo Beijo gente!  Até logo!

No último fim de semana teve TremBier Festival em Tiradentes, o maior festival de cerveja artesanal de Minas, e a gente foi lá registrar um editorial e aproveitou para dar uma volta nessa cidade que é uma delícia né? Se você ainda não conhece, vale super a pena passar um fim de semana nesse pedacinho tão querido de Minas Gerais.

IMG_3594

A cidade estava cheia de gente linda, com boa música e as cervejas sensacionais! Cada cantinho daquelas ruas de pedra tem uma história para contar, e cafés e bistrôs a descobrir! O pôr do sol é um dos mais lindos, e os registros não preciso nem dizer, que fazem a gente não querer ir embora nunca né?

IMG_3545

Prometi que voltava mostrando looks com combinações de tendências que andei falando por aqui, então escolhi uma midi plissada, que tem sido meu xodó! Fica super feminino, e elegante! Para quebrar a seriedade da saia, que tem um tecido mais chique e um comprimento maior, coloquei uma T-shirt divertida, que é uma tendência que também está bombando por aí né?! Essa moda de fazer combinações tão opostas me encanta, e o resultado vale a pena! Bora tentar?

IMG_3593

Para finalizar, coloquei uma coturno de salto para alongar um pouco, já que não sou alta (haha, mas salto confortável ta gente? Ninguém merece curtir o dia com o pé doendo!), mas se quisesse um look mais “confy”, poderia tranquilamente ter colocado com um tennis que também fica um charme! A bolsa pequena para dar um ar mais delicado, e meu óculos grude do momento!

IMG_3672

FullSizeRender (3)

IMG_3674

IMG_3579

Sou fã do outono que já permite a gente fazer looks com botinhas, que são minha paixão, mesmo que seja com roupas mais leves!

E aí? O que acharam do look? Os créditos vão logo lá embaixo!

Me conta se você já testou alguma tendência desse outono que tá lindo demais! Em breve volto com mais novidades!

T-shirt – @mundololita

Saia- @lojasrenner

Bota – @zaraoficial

Bolsa – @zaraoficial

Óculos – @rayban

Beijos, beijos!

image1 (15)

Se você vive hoje, junto comigo, nesse abril de 2017, nesse mesmo planeta cheio de gente, nessa lua que encanta nosso céu, enquanto estamos na internet. Nesse sol que nasce enquanto a gente se apressa, nessa vida que corre, meio torta, enquanto a gente compete e não se importa.

Se você, como eu, anda olhando em volta, já deve ter visto como está relativo a importância de se importar. E já deve ter visto como em tanto lugar, se importar menos, é viver mais.

Será mesmo?

image2 (6)

De repente tudo ficou tão simples, que assusta. Nessa era moderninha onde conquistamos (será?), o poder (libertador) de nos importarmos tão pouco como o que outros pensam ou dizem, perdemos no meio do caminho, a noção do quanto se importar, importa.

E passamos a ter mais necessidades, do que relacionamentos. Mais desejos do que sentimentos. E deixamos de dizer o que sentimos, porque se importar passou a ser sinônimo de apego. Deixamos de admitir nossos medos, porque dar valor aos problemas virou fraqueza. Deixamos de falar tantas verdades, porque se importar com elas é clichê, ou careta. E desaprendemos a ouvir. Perceber.

Então descartamos o que é incômodo. Bloqueamos. Escolhemos não ver. Um clique, e aprendemos a ignorar com mais facilidade. Deixamos de viver verdades duradouras, porque sensações momentâneas preenchem tão melhor nosso vazio, e possuem tão menos risco de sofrimento. Estamos cada vez mais online, e cada vez mais, com medo da vida.

image3 (3)

Enviamos mensagens de texto no lugar de gestos. Trocamos mais likes que atitudes. Preferimos quantidade. Rotatividade. Rapidez. Nos importamos mais com visualizações, do que com elogios, e tememos mais julgamentos do que críticas. Nos escondemos.

Construímos mais distâncias, em tempos onde a distância é tão relativamente curta. E nos distanciamos de sentimentos que permitem realmente encurtar qualquer distância.

Esperamos cada vez menos uns dos outros, porque nessa, de a gente se importar tanto com o que parece ser, estamos dando sinais, de que é cada vez mais comum, simplesmente não se importar. Afinal, se importar é perceber. É refletir. Arriscar ver o outro, no lugar de nossos egoísmos.

E aí, a gente se acostuma cada vez mais, com indiferenças no lugar de humanidades, arrogâncias no lugar diálogos, covardias no lugar de tentativas, utilidades no lugar de pessoas. Se acostuma a não testemunhar gentilezas, a não encorajar trocas. Se acomoda ao superficial.

Se esforça para não sentir, não demonstrar, não cobrar, não ser. Porque quem se importa cria laço. E laço é trabalho árduo que uma geração que tem tanta pressa, e tanto medo, não pode se dar ao luxo de ter.

E o tempo voa! Então a gente prefere acreditar, que se importar menos é viver mais. Prefere acreditar que sem profundidade não tem responsabilidade.

E esquece, que se uma coisa importa, todas as coisas importam. E que a cada dia sem se importar, nós é que perdemos importância.

A última sexta dia 7 de abril, foi dia de inauguração da clínica Larissa Jordão estética, que está de espaço novo, agora pertinho do Pátio Savassi! E a gente foi lá conferir!

image3 (2).JPG

O dia foi de música, degustação e brindes. A clínica está com uma equipe super preparada e cheia de novidades! Com muita elegância e charme, lá dá pra encontrar um tempinho para fazer de tudo, e com suporte e profissionalismo, cuidar da gente, o que é tudo de bom, né?

image2 (5).JPG

O look escolhido para a tarde na clínica, foi saia midi, ciganinha listrada e jaqueta jeans, que quebra o look monocromático, e sempre é uma ótima aliada nessa época do ano, aproveitando que o clima aqui em Belo Horizonte está mais fresco, quaaase um outono, e combinando duas tendências que já falamos por aqui né?

image1 (14)

Ombro a ombro e transparência, arrisquei na feminilidade! Aproveitei para colocar um toque de brilho ( que a gente AMA!), com a bolsa prata, que é a minha queridinha do momento! Mas o charme fica todo para a bota, que é maravilha desse outono né? Amo botas, e dá para abusar delas com saias midi sim, sem medo de ser feliz!

Gostaram? Em breve vem mais novidades por aí! A bota não foi comprada aqui no Brasil, mas nesse estilo é fácil de achar agora nessa época!

Foi demais conhecer a Clínica e toda a equipe que é super atenciosa! Os tratamentos e novidades são muitos, e eu já estou ansiosa para experimentar!Quem não quer aproveitar essa estação para deixar o corpo em forma né? Lá na minha página do instaram @yasminecarvalho, tem mais detalhes sobre esse dia!

Aqui em baixo vai o ig da clínica, lá tem todas as informações pra você conferir, tá valendo muito a pena!

@larissajordaoestetica

Beijos, beijos!

Para começar, eu vou te dar uma. Uma única razão, que deveria ser o suficiente para você arrumar um tempinho, e ir correndo ver “13 Reasons Why” (Os 13 porquês), que é a nova série do Netflix, baseada no livro do escritor Jay Asher, que estreou na última sexta feira, dia 31 de março.

13-Reasons-Why (1)

Não, eu não vou estragar a história para você, e te dar mil detalhes, pode ficar tranquilo! Tem muitas matérias  já rodando por aí, se você quiser só um resumão de tudo de bom que é a série!

A razão é, que todos estamos rodeados todos os dias por histórias, momentos e decisões. Decisões essas, que levam a caminhos, e mais escolhas logo adiante. Estamos todos, principalmente, rodeados de pessoas. Gente como a gente. E todos os dias, todos, cada um a sua maneira, estamos procurando entender um pouco melhor essa experiência que é a vida, para que de alguma forma, a gente possa fazer melhor. E ser melhor.

Parece pesado né? Eu sei. E se a gente parar para pensar pode ser que a gente prefira não ver, não refletir. Não fazer melhor amanhã. Afinal, a vida é difícil mesmo!

13-reasons-why

A série tem a temática adolescente que já vimos tantos tentarem abordar, que pode parecer bobinha para alguns, com seus dramas, e importâncias.  Mas não se engane, eu vou dizer para você, tem muito mais que 13 razões para você ver essa produção que fala de assuntos tão difíceis, de uma forma tão tocante.

O drama nos leva ao universo de pessoas, verdades e histórias que possuem suas próprias versões e possibilidades, fazendo com que a gente repense posturas, procure compreender atitudes, e principalmente, que a gente se veja humano.

Sim, é uma série muito humana, baseada nos diálogos, nas trocas, nos medos, e nos erros. Sem super produções ou excessos. Vem mostrando para nós o poder das relações, da bondade, ou da falta dela, dos gestos, ou da falta deles, e principalmente, o poder do tempo. A importância de não subestimarmos nosso tempo, e nossas chances, de sermos a melhor versão de nós mesmos.

Capa_de_Os_13_Porquês

É, eu “tô” impressionada sim com essa história, que a mim chegou tão real e tocante, e acho que você também vai ficar. E no meio de assuntos tão pesados, eu encerro a primeira temporada com esperança, de que possamos fazer escolhas melhores. Todos nós. Porque a gente tem a chance né?

Então, de quantas razões você precisa? Para falar sim do que importa, fazer sim o que importa. Entender sim, o que realmente importa.

E fico feliz, de poder dizer para vocês, que 13 episódios, cheios de dramas e atuações fantásticas. Que 13 episódios de uma série, podem ajudar. Para que a gente consiga refletir, para que conversas sejam iniciadas, para que novos olhares se façam, e para que a gente seja mais consciente da nossa importância na vida do outro, e mais consciente da importância das nossas próprias escolhas. Da nossa própria vida.

O roteiro é incrível, a direção também. A trilha sonora é linda, o elenco é verdadeiro e a história é cruel e lindamente real. Eu estou cheia de razões para querer que todo mundo veja , esperar que todos sejam tão positivamente impactados, e desejar que o mundo seja melhor!

E você? De quantas razões você precisa?

Até mais pessoal! Boa sorte em não ver todos os episódios de uma só vez!

A gente se vê na segunda temporada!